05 livros para aprender sobre finanças pessoais e dicas de economia

Infelizmente estamos vivendo um momento bastante turbulento, em que um pandemia mundial colocou muitos de nós confinados em quarentena e desenhou um cenário financeiro incerto para estes próximos meses. Precisamos fazer o que está ao nosso alcance para que nós e todos ao nosso redor fiquem bem, e em segurança.

Mas esse não deve ser apenas um momento de preocupação. É um momento em que podemos repensar nossas vidas, negócios, estratégias e principalmente, focar em nos desenvolver e aprimorar.

Separamos em uma lista, 05 livros que valem a pena ser lidos, sobre economia, finanças domésticas e produtividade (alguns estão disponíveis gratuitamente, em versão digital, na Amazon). Dê uma olhada abaixo:

  • Me Poupe!: 10 passos para nunca mais faltar dinheiro no seu bolsoNathalia Arcuri

O livro da famosa Youtuber e Especialista em Finanças, Nathalia Arcuri traz uma série de dicas sobre como economizar no dia a dia mudando hábitos, poupar mesmo ganhando pouco, fazer planejamento para quitar dívidas e os passos básicos para começar a investir. Baixe gratuitamente clicando aqui .

Capa do livro Me poupe, com a autora Nathalia Arcuri ilustrando a capa.
  • A riqueza da vida simples – Gustavo Cerbasi

Autor também do Best Seller Casais inteligentes enriquecem juntos, Gustavo Cerbasi é um autor consagrado do mundo das finanças, promovendo também palestras, treinamentos e consultorias por todo o Brasil. No livro A Riqueza da vida simples ele defende a ideia da construção da riqueza baseada em escolhas sustentáveis, repensando padrões de consumo incompatíveis com a realidade financeira de cada pessoa, e propondo o autoconhecimento como chave para uma vida mais satisfatória, focando naquilo que importa genuinamente para você. Acesse aqui.

Capa do livro A Riqueza da vida simples, de Gustavo Cerbasi, com uma folha com um pingo de água, em cima de uma pedra, simbolizando simplicidade e sustentabilidade
Continuar lendo

Devo utilizar Hashtags nas minhas publicações? Descubra o que são Hashtags e quais os benefícios de utilizá-las

As Hashtags (palavras acompanhadas do símbolo #, utilizadas nas redes sociais), são marcadores ou seja,  palavras-chave que criam marcações sobre determinado assunto. Assim, quando um usuário pesquisa sobre um determinado tema, ele é “atraído” por postagens que usam hashtags associadas a este assunto. Neste artigo você vai entender um pouco mais sobre como funcionam as Hashtags e quais os benefícios de utilizá-las em suas postagens.

As Hashtags funcionam como palavras-chave de conteúdo, quando estas palavras-chave são utilizadas em postagens elas conectam essa postagem com outras, onde outros usuários também utilizaram a mesma hashtag. Isto facilita a pesquisa sobre aquele determinado tema.  Esta ferramenta pode ser utilizada nas principais redes sociais, como Instagram, Facebook e Twitter.

Mãos trabalhando no computador ao fundo, frase a frente  - As #Hashtags não morreram, evidenciando porque utilizar hashtags nas redes sociais.

A utilização de Hashtags pode aumentar o alcance e engajamento de suas postagens, pois permite que seu conteúdo chegue mais facilmente a  usuários com interesse em temas específicos (que tenham a ver com as hashtags que você utilizou). Além de que permite que seu conteúdo seja encontrado  através da pesquisa nas redes sociais e buscador do Google.  Segundo estudo da RockContent, foi comprovado que a utilização de Hashtags pode aumentar o número de curtidas e comentários nos posts de instagram em até 12,6%.

Continuar lendo

Compra Local: Instagram e Facebook lançam novas ferramentas para ajudar pequenas empresas

Como todos sabemos, muitas pequenas e médias empresas estão tendo suas atividades afetadas devido à epidemia de Covid-19. Nesta segunda (11/05), as redes sociais Instagram e Facebook lançaram novas funcionalidades para ajudar negócios locais. A ideia é que os usuários destas redes sociais possam indicar empresas, criando manifestações de apoio a elas, ajudando-as assim, a divulgar seus negócios.

No Instagram foi criado um novo adesivo interativo para stories: Apoie as pequenas empresas.

Imagem de divulgação - novas ferramentas para ajuda às pequenas empresas Instagram e Facebook.

Quando usuários adicionam o adesivo aos seus stories, mencionando uma empresa, o adesivo mostra as três últimas publicações do perfil marcado e, ao ser tocado, permite que os usuários visitem o perfil e interajam com a empresa. O conteúdo marcado com o adesivo, é adicionado a um compilado de Stories do Instagram chamado “Compra Local”, onde os usuários podem ver outras indicações de empresas, que as pessoas que eles seguem estão apoiando. As empresas mencionadas podem compartilhar o conteúdo em seus stories ou enviar mensagens para as pessoas que as marcaram.

Tela de celular, com mensagem do Facebook sobre apoio a pequenas empresas.
Continuar lendo

O que são os 8 Ps do Marketing Digital? Entenda a nova visão do Mix de Marketing

O que são os 08 P’s do Marketing? Qual a importância para o meu negócio? Neste artigo vamos explicar detalhadamente cada pilar do composto de marketing e qual a importância na estratégia da sua empresa.

Vivemos na era da informação, onde cada vez mais as pessoas estão conectadas em dispositivos, sejam eles computadores, smartphones, tablets… Com a evolução da distribuição da internet, crescimento dos conceitos de Internet das Coisas e Inteligência artificial, mais e mais aparelhos e equipamentos surgirão para tornar a vida cada vez mais prática, inevitavelmente as pessoas terão suas decisões de compra cada vez mais amparadas por dados, e os processos de venda cada vez mais serão influenciados por algoritmos, automatização, análise de padrões de compra e consumo.

Este mundo é muito diferente daquele conhecido por Jerome McCarthy, autor que propôs a tão conhecida teoria dos 4Ps do Marketing: Preço, Praça, Produto, Promoção. Estes pilares do Marketing não perderam sua importância, são a base para o sucesso de negócios e precisam ser bem aprendidos e aplicados, contudo a nova realidade do mercado traz novas necessidades, e a teoria dos 4Ps foi aprimorada por teóricos de marketing, originando 04 novos pilares: Pessoas, processos, posicionamento  e performance. Entender os 8Ps e planejar seu negócio ou os próximos passos da sua empresa com base nestas variáveis pode ser crucial ao seu negócio e te dar vantagem competitiva frente aos seus concorrentes.

Conheça a seguir cada um dos 8Ps do Marketing Moderno:

  • PRODUTO:  é a sua mercadoria ou serviço, aquilo que você tem a oferecer ao consumidor. O principal bem da sua empresa. Você precisa conhecer seu produto, quais as soluções que ele gera, quais os diferenciais, procurar entender o que o consumidor espera dele, porque precisa dele, e tentar sempre desenvolvê-lo e melhorá-lo.
  • PREÇO: quanto você vai cobrar pelo seu produto. É preciso entender também quanto o consumidor está disposto a pagar por ele. Lembrando que nem sempre a estratégia de menor preço é a mais adequada, quanto mais valor agregado ao seu produto, quanto mais benefícios o consumidor perceber no seu produto, mais disposto estará a pagar um preço maior.
Continuar lendo

Google Meu Negócio: Faça sua empresa aparecer no Google

O Google Meu negócio é uma ferramenta gratuita do Google, que permite a empresas cadastrarem seus dados e criarem um perfil, para serem encontradas mais facilmente pelos consumidores, na pesquisa do Google. Neste perfil ficam disponíveis dados como endereço, telefone, site, serviços oferecidos, fotos e também avaliações de clientes que já compraram ou utilizaram produtos e serviços da empresa. Saiba mais sobre como utilizar essa ferramenta para melhorar os resultados do seu negócio!

Imagine que um possível cliente está precisando de determinado produto ou serviço, que esteja próximo a ele e faça uma pesquisa no Google (pense no seu nicho, seja seu negócio uma floricultura, academia, gráfica, restaurante ou outra). Sua empresa seria encontrada? Esse cliente em Imagine que um possível cliente está precisando de determinado produto ou serviço, que esteja próximo a ele e faça uma pesquisa no Google (pense no seu nicho, seja seu negócio uma floricultura, academia, gráfica, restaurante ou outra). Sua empresa seria encontrada? Esse cliente em potencial teria rapidamente acesso ao seus contatos de telefone, e-mail, localização, site, redes sociais?  Não?  Pois é, exatamente aí que entra o Google Meu Negócio.

Imagem que mostra o processo de pesquisa no Google, e encontra empresa cadastrada no Google Meu Negócio

Dados mostram que 10 a cada 08 pessoas utilizam o Google para buscar informações sobre empresas, e que 95% utilizam a pesquisa para comparar negócios antes de decidir com qual entrar em contato primeiro, segundo estudos da Rockcontent.

Continuar lendo

O que são Geotags e como elas podem ajudar na divulgação do seu negócio?

De  forma mais objetiva, Geotags são recursos de inclusão de localização geográfica, que possibilitam o compartilhamento da localização em um determinado local, em tempo real nas postagens de redes sociais. 

Neste artigo você vai aprender mais sobre como utilizar as Geotags  e quais os benefícios que elas podem gerar para o seu negócio.

O maior desafio hoje, para quem tem um negócio, é se sobressair entre tantas empresas que existem no mercado, e tornar o negócio visível, para atrair clientes. As Geotags podem ajudar você neste objetivo. 

Como já falamos acima, Geotags são recursos de inclusão de localização geográfica, que permitem atribuir uma localização às postagens, e que são muito utilizados nas principais redes sociais, como Facebook e Instagram. Através delas, os usuários conseguem compartilhar em tempo real onde estão, marcando suas atividades, como por exemplo a hora do treino na academia, aquele descanso no seu parque preferido, happy hour com os amigos no bar naquela rua badalada.

Na imagem, tela do Instagram, com a pesquisa de Geotag de localização da cidade de Porto Alegre.

Como as Geotags podem ajudar na divulgação do meu negócio?

  • Quando um usuário marca sua localização, todos seus contatos podem ver onde ele está, e através desta marcação, acessar o endereço e página com informações sobre este local, o que gera oportunidades para divulgar seu negócio através da sua localização.
  • O uso de geotags auxilia seu negócio a se destacar nas buscas das redes sociais, quando um usuário busca por um termo dentro das redes sociais, são sugeridos locais próximos relacionados a este termo. Se ele buscar por bar, padaria, academia, pode localizar locais próximos. O mesmo vale para mecanismos de busca, como o Google.
Continuar lendo

05 Coisas que mudarão para sempre após COVID-19 e que impactam em nossas vidas e negócios

Você liga a TV, ela está lá. Nos noticiários, jornais, no Facebook, Instagram, Twitter.  A epidemia, causada pelo Corona Vírus, que mobiliza o mundo desde dezembro, tem desafiado cidadãos e autoridades, que hoje se obrigam a pensar em soluções para conviver com medidas drásticas de isolamento social.  Em meio a este turbilhão, já conseguimos perceber mudanças de comportamento que deverão influenciar nossas vidas e negócios daqui para a frente:

  • Trabalho remoto: O home office, também conhecido como teletrabalho, não é uma coisa exatamente nova. Assim que popularizaram-se computadores,  internet e os sistemas de rede, proporcionou-se que muitas tarefas possam ser feitas de qualquer lugar. Mesmo assim, no Brasil essa modalidade de trabalho ainda não é popular, muitas empresas ainda têm resistência em liberar seus funcionários para trabalhar a partir de casa ou locais fora da empresa, em parte por uma mentalidade atrasada, por acreditar que o funcionário não seria tão produtivo sem o “controle” do ambiente empresarial, também por lacunas na legislação trabalhista, que até pouco não previa regras para esse regime de trabalho causando insegurança jurídica. Mas o mundo contemporâneo impõe desafios que precisam de novas respostas: o crescimento das cidades que forçam grandes deslocamentos de funcionários, os problemas de transporte, o excesso de trânsito… O home office pode contribuir com essas demandas. Nesta pandêmia, a maioria das empresas foi forçada a adotar a modalidade de home office, foi o maior teste já realizado nesse sentido. As que já tinham uma cultura mais aberta ao trabalho à distância conseguiram se adaptar rapidamente e saíram em vantagem. As demais precisarão pensar no assunto a partir de agora.
Homem trabalhando em home office, com computador e tablet a sua frente, um pequeno vaso com uma planta ao lado do computador. Homem segura uma xícara de café.
  • Gerenciamento de equipes à distância: Com o crescimento do home office, as empresas e gestores terão que se adaptar a gestão e acompanhamento de seus times online, estabelecendo novos processos, que permitam alto desempenho e atingimento de metas. Reuniões por vídeo, chat, compartilhamento de informações e arquivos via aplicativos se tornarão cada vez mais recorrentes. Após o início da epidemia aplicativos de reunião online como Zoom e Microsoft Teams tiveram recorde de downloads. A utilização de recursos de tecnologia para gerenciamento de tarefas e processos de trabalho se tornará chave para gerir bem as equipes de trabalho. Aplicativos como Trello e Asana, entre outros, podem ser bons aliados neste desafio.
Continuar lendo

O que é Inbound Marketing e qual sua importância?

Inbound Marketing é uma técnica que busca, ao contrário das abordagens convencionais de marketing, atrair e converter clientes, da forma certa no momento certo, através do encantamento do cliente. 

Neste artigo você conhecerá mais detalhadamente sobre o processo de Inbound Marketing, sua importância e como aplicá-lo . 

Imagem mostra um smartphone com uma loja física, atraindo clientes através de diversos canais de comunição.
  Designed by Freepik
Estudos mostram que o Inbound Marketing torna o processo de vendas 62% mais barato em comparação ao marketing tradicional.

O termo Inbound Marketing surgiu nos Estados Unidos e começou a ganhar popularidade a partir de 2009, após o lançamento do livro Inbound Marketing – Seja Encontrado Usando o Google, a Mídia Social e os Blogs.

O marketing e a publicidade convencionais sempre foram baseados em interrupções. Na tv, no rádio e mesmo após o surgimento da internet, ao navegar em sites, as peças publicitárias sempre mantiveram a dinâmica de interrupção do lazer ou tarefas dos espectadores e leitores, para falar sobre produtos e serviços que não necessariamente os interessavam naquele momento. E dada a abrangência de um público de programa de tv, rádio, jornal ou portal de notícias, nem sempre a comunicação consegue ser efetiva e cativar aquele potencial consumidor.  Além disso, as pessoas hoje estão expostas a cada vez mais informações e mídias, o que as torna mais propensas a ignorar anúncios e tolerar cada vez menos propagandas invasivas. 

Neste contexto surgiu o Inbound Marketing (também conhecido como Marketing de Atração ou Marketing Receptivo), que é um conjunto de estratégias que visam atrair e converter clientes através de conteúdo relevante, ou seja, conteúdo voltado a um público específico, que tem interesse e busca sobre determinado assunto. Entregando conteúdo certo, no momento certo para uma pessoa, você vai conquistando a confiança, e atraindo-a para um relacionamento com sua empresa ou marca.

Como é feito? Esta metodologia propõe um processo de conquista de clientes que se divide em 4 etapas, são elas:  Atrair, converter, vender, analisar.

Vamos falar melhor sobre estas etapas:

  • Atrair: esse é o principal passo do Inbound Marketing e consiste em atrair tráfego qualificado para seus canais digitais, ou seja, conseguir com que pessoas venham até seus canais espontaneamente, atraídas por conteúdo de qualidade, que seja interessante para elas, responda questões e solucione problemas que elas venham a ter. Como podemos fazer isso? Através de blogposts com matérias relevantes, estratégias de SEO, estratégias de publicidade paga (Links patrocinados), e através das redes sociais.
  • Converter depois de atrair tráfego, o que queremos é converter os visitantes em Leads, criar um relacionamento com eles, para gerar oportunidades de negócio, e fazê-los passar para os próximos estágios de compra. Como? Fazendo com que o visitante passe a você algumas informações de contato e interesse, em troca de uma recompensa ou benefício. Para esta fase da estratégia podemos utilizar formulários de solicitação de orçamento,  landing pages, materiais gratuitos com informações relevantes como e-books, webinars, assinatura de newsletter, demonstrações de softwares e outros. 
  • Vender: após nutrir seus leads com informação relevante e ganhar a confiança deles, é hora de fazer negócios. Um dos benefícios do Inbound Marketing é justamente já conhecer as dúvidas, necessidades e dificuldades do seu potencial cliente, o que torna o potencial de concretização de venda muito maior. Agora é hora do seu time de vendas se utilizar de toda a informação coletada sobre este lead para realizar a venda. O trabalho com certeza não acaba com a venda, é preciso monitorar se o cliente está satisfeito com o negócio, manter um canal aberto para próximas vendas ou para continuar fornecendo um serviço ou solução. Além do fato de que um cliente satisfeito pode se tornar um promotor da sua marca, seus produtos e sua empresa. 
  • Analisar: em se tratando de Marketing Digital, talvez uma das maiores vantagens seja a possibilidade de medir todas as ações e avaliar com precisão os resultados, consequentemente identificando o retorno das ações, o que funcionou ou não, o que é possível melhorar nos processos. Uma das principais ferramentas utilizadas para análises em Marketing Digital é o Google Analytics.

Quais os benefícios de utilizar o Inbound Marketing na minha empresa?

Ter uma estratégia de Inbound Marketing pode ser determinante para que sua empresa tenha sucesso. Estudos da empresa Resultados Digitais mostram que o Inbound Marketing é 62% mais barato que o marketing tradicional. 

Entre os principais benefícios da utilização de uma estratégia de Inbound Marketing estão: Continuar lendo

Movimento LGBT e o marketing: mais do que cores do arco-íris no logo da empresa, o que é realmente apoiar a inclusão de pessoas LGBT?

Dia 28 de junho é comemorado o Dia Internacional do Orgulho LGBT+*. A data escolhida, não por acaso, faz referência a um marco na luta da comunidade LGBT por direitos civis: a revolta de Stonewall. Stonewall era um bar muito frequentado por este público no final dos anos 60, em Nova York. Aquela ainda era uma época de costumes muito conservadores,  a homossexualidade era considerada crime em muitos estados americanos, e os poucos bares (clandestinos) que reuniam esse público eram alvos de constantes repressões policiais. Até que, na noite de 28 de junho, cansado das frequentes investidas e da violência policial, um grupo se rebelou e iniciou um revide, que se transformou em uma revolta maior e gerou dias de protestos e enfrentamentos entre LGBTs e a polícia. Isso marcava o início da organização da comunidade LGBT e de manifestações e passeatas ao redor do mundo, defendendo a causa.

Movimento LGBT e o marketing

Fonte: Freepik

O avanço da luta e poder de consumo LGBT

Nos últimos anos vemos cada vez mais empresas aderindo a slogans voltados a diversidade, campanhas voltadas para o público gay, com casais do mesmo sexo em publicações dos dias dos namorados, dia das mães, do pais, e mesmo nas comemorações do Dia do Orgulho, com a adoção das cores dos arco-íris nas logomarcas e peças publicitárias das empresas. Não é à toa, o público LGBT é um público consumidor,  e as empresas estão apostando na sua fatia neste nicho, já que segundo estatísticas o potencial de consumo deste público é de 10% do PIB do nacional, equivalente a mais de R$ 400 bilhões anuais. Atualmente, já existe até mesmo o termo Marketing de Diversidade, que engloba estratégias para abordagem do tema.

O envolvimento deve ser real

Continuar lendo

O que é um lead e qual sua importância?

Se você está no mundo dos negócios, estuda vendas, marketing (offline ou digital) provavelmente já se deparou com o termo Lead.
Mas afinal, o que é um Lead? Lead é uma pessoa que demonstrou interesse em consumir os produtos ou contratar os serviços de sua empresa.
Ah, tá bom, então os visitantes do meu site são meus leads? Não. Os visitantes do seu site são sim potenciais consumidores, mas dependendo de como ele chegou até seu site talvez ele esteja interessado em você ou não. Se você está fazendo um bom trabalho de Marketing de Conteúdo e SEO é bem provável que sim, neste caso, ponto para você.

Leads - aperto de mãos - fechando negócio
Então digamos que determinada pessoa acessou seu site, viu um formulário para saber mais sobre o que você oferece e o preencha, informando seus dados para que você entre em contato… aí então ela se torna um Lead: ela demonstrou estar interessada e a sua missão agora é levar a conversação Continuar lendo